Por Job Content
Em 02/01/2018
Veja o que não pode faltar no plano de marketing digital para sua empresa usar todo o poder da internet para aumentar as vendas.

Para usar todo o poder da internet a favor do seu negócio é preciso se planejar. Acredite, criar perfis online, produzir conteúdos e veicular anúncios sem uma estratégia definida vai resultar em perda de tempo e dinheiro. É por isso que é importante desenvolver um plano de marketing digital.

Seus concorrentes que já usam estratégias digitais para alavancar as vendas certamente seguem um planejamento — e você deve fazer o mesmo! O plano de marketing digital vai ser o seu guia para executar todas as ações de marketing na internet e evitar instabilidade nas vendas.

Foi pensando nisso que preparamos este post! Continue lendo para conferir como fazer um plano de marketing digital seguindo 5 etapas indispensáveis.

1. Faça um diagnóstico do marketing digital da sua empresa

O primeiro passo para fazer um bom plano de marketing digital é verificar como anda o marketing online do seu negócio. Você sabe o que já está fazendo para atrair visitantes, captar leads, gerar oportunidades de vendas e conquistar novos clientes?

Divida sua análise nessas quatro etapas e faça as seguintes perguntas para cada fase do funil de marketing digital:

Atrair

  • Minha empresa tem um site responsivo e um blog corporativo funcionando?
  • Quais tipos de conteúdo são publicados?
  • As informações do site e do blog são relevantes para a persona ou falo apenas sobre meus produtos e serviços e como eles são de qualidade?
  • Quantos visitantes mensais o site e o blog recebem?
  • De onde esses visitantes vêm (pesquisa do Google, redes sociais, referências, etc)?
  • Meu site e blog recebem links de outros sites importantes?
  • Como está a presença digital da empresa?

Converter

  • Há espaços para que o visitante possa se cadastrar no site e no blog?
  • Existe algum conteúdo rico usado para captar o contato dos visitantes?
  • Há chamadas para ação no site e ao final dos conteúdos do blog?

Relacionar

Fidelizar

  • Como é o processo de vendas da minha empresa?
  • Os contatos captados pelo marketing tornam-se clientes?
  • Os objetivos e metas de vendas estão sendo atingidos?
  • O que acontece com os contatos que não tornam-se clientes?

2. Defina os objetivos no plano de marketing digital

Após a realização do diagnóstico e com as informações coletadas em mãos, é hora de definir os objetivos no plano de marketing digital.

Confira os objetivos mais comuns do marketing online e escolha os mais adequados à realidade do seu negócio:

Aumentar o tráfego do site

Gerar tráfego para o site da empresa é uma etapa fundamental nas ações de marketing digital. Quanto mais visitantes são atraídos para o site corporativo, mais chances a empresa tem de gerar mais leads, oportunidades de negócios e aumentar as vendas.

Gerar leads qualificados

Apenas atrair visitantes para o site não basta. É preciso convencê-los a se cadastrarem gratuitamente para receber algum material e se tornarem leads da empresa.

Ao gerar leads, você tem a oportunidade de manter um relacionamento muito próximo com esses consumidores e pode fazer com que avancem na jornada de compra e tornem-se clientes da empresa.

Vender para leads

Se você tem uma base de leads formada, pode (e deve) ter como objetivo aumentar a vendas para os leads. Para isso, é preciso que sua equipe de marketing e vendas estejam alinhadas e o processo de vendas seja eficiente.

Ser referência no mercado

Este objetivo é fundamental para o crescimento da empresa. Ao se posicionar como referência no mercado, você atrai tráfego qualificado para o site, gera mais leads, aumenta as oportunidades de negócio e gera mais vendas.

3. Elabore as personas do seu negócio

A terceira etapa do plano de marketing digital é a elaboração das personas da sua empresa. Desenvolva os perfis de cliente ideal necessários para potencializar as ações que serão realizadas e alcançar o público certo.

Sua empresa pode ter uma, duas ou mais personas. Por exemplo, se você presta serviços ou comercializa produtos para o mercado B2B e B2C, precisa desenvolver uma persona para cada mercado. Isso porque o comportamento de compra do consumidor final é diferente do consumidor corporativo, que geralmente precisa aprovar a compra com outros funcionário da empresa.

4. Escolha as estratégias de marketing digital

Faça uma pesquisa para conhecer as diferentes estratégias de marketing digital da atualidade e escolher as mais adequadas para a sua empresa.

Você pode, por exemplo, adotar o Inbound Marketing. Essa estratégia funciona para empresas de diferentes setores e cobre todas as etapas do funil de vendas (atrair, reter, relacionar e fidelizar). Além disso, tem um custo menor em comparação às ações de marketing tradicionais e gera bons resultados para empresas de todos os portes.

A gestão e monitoramento de redes sociais também é outra estratégia importante para ser adotada. Escolhendo as redes e atuando nas plataformas certas, é possível alcançar pessoas que atendem o perfil de cliente desejado para a sua empresa.

Após a análise e a escolha, inclua as estratégias no seu plano de marketing digital.

5. Liste as ferramentas a serem usadas

Por fim, escolha as ferramentas de marketing digital que serão usadas para executar as ações online. Elas vão ajudar a empresa a realizar diversas tarefas, automatizar ações e aumentar a produtividade dos vendedores.

É claro que é possível executar diversas ações “no braço”, mas não é recomendado. O tempo que você vai ter que dedicar a esse trabalho manual é grande e contar com o auxílio de ferramentas de marketing digital vai fazer a diferença na sua empresa.

Mas quais escolher? As ferramentas listadas abaixo vão ajudar você a ter bons resultados com o marketing digital e não perder tempo com tarefas manuais:

  • Ferramenta de monitoramento e gestão de redes sociais;
  • Sistema de Gerenciamento de Conteúdos (CMS) para o site e o blog;
  • Ferramenta de Web Analytics para mensurar as ações realizadas;
  • Ferramenta de SEO para analisar e otimizar seus conteúdos;
  • Plataforma de marketing de conteúdo para agilizar a produção;
  • Ferramenta para construir landing pages para gerar leads e vendas;
  • Ferramenta de email marketing para enviar emails para a base de leads e clientes;
  • Ferramenta de automação de marketing para automatizar diversas tarefas e aumentar a produtividade da equipe de marketing e de vendas.

Existem diversas opções disponíveis no mercado para cada tipo de ferramenta listada. Escolha as mais adequadas ao seu negócio e liste-as no seu plano de marketing digital.

Pronto! Agora você já sabe como fazer um plano de marketing digital. Não deixe de elaborar esse documento importantíssimo para as ações online de sua empresa!

Gostou deste post? Continue a leitura no blog e conheça 6 razões para usar o Inbound Marketing para alavancar o crescimento da sua empresa.

Diante de diversas mudanças, o que a sua empresa tem feito para vender mais?

Confira um passo a passo de como aumentar as vendas!

Qual a área de atuação do seu negócio?

Qual o seu cargo?

Funcionários: