Por Job Content
Em 23/10/2018

Os seus anúncios e campanhas estão entregando menos do que deveriam? Descubra como o Teste A/B pode ser poderoso para aumentar sua taxa de conversão.

Alguma vez bateu aquela dúvida entre dois anúncios ou campanhas que você ou sua agência desenvolveu para um determinado produto ou serviço? Como escolher a arte, foto ou texto? Como saber qual ficou melhor? E como ter certeza de qual opção vai ter maior engajamento ou conversão com o seu público e por consequência vender mais o seu produto?

Há tempos, quando você só tinha a opção de fazer campanhas offline, era mais difícil ter esta certeza, por exemplo: em um outdoor, por mais que você coloque duas ou três artes, fotos e até mesmo textos diferentes, como saber qual deles está trazendo mais resultados?

Diferente do Marketing Digital, onde existem ferramentas e técnicas para você identificar qual anúncio ou campanha tem mais engajamento ou trazem mais resultados, é possível identificar entre diversas variáveis qual é a melhor, converte mais ou custa menos por conversão.

Se isso chamou a sua atenção, continue a leitura e aprenda a fazer Teste A/B e identificar qual é a melhor opção de arte, texto ou foto para o seu material.

O que é Teste A/B e para que serve?

Como sempre afirmamos, uma das grandes vantagens do Marketing Digital é poder fazer testes e otimizar os seus resultados. O Teste A/B consiste em comparações realizadas entre duas ou mais variáveis de uma página, anúncio, imagem ou e-mail, com o objetivo de descobrir qual gera mais resultados.

Os testes servem para otimizar os resultados das campanhas de marketing digital, eles são tarefa obrigatória no processo. É através do Teste A/B que será possível entender e descobrir qual peça, texto ou imagem agrada mais o seu público e traz mais conversões. Existem técnicas e ferramentas para aplicar, desde simples e-mails até em páginas de sites ou páginas de vendas.

Vantagens e desvantagens do Teste A/B

Com o Teste A/B você trabalha com dados baseados em números e elimina suposições e achismos, o que possibilita chances de resultados mais assertivos no futuro. Testes assim podem revelar ajustes a serem feitos na sua página ou em demais estratégias de marketing. Outra vantagem é que Testes A/B podem ser realizados em vários canais de comunicação que você utilizar com usuários. Então, realizando Teste A/B você consegue otimizar suas estratégias e gerar mais resultados.

Por outro lado, você gasta mais tempo, já que os resultados podem demorar até dias para serem revelados. E também precisa ter uma pessoa disponível, se ainda não tem, ou você mesmo precisa saber como colocar em prática, interpretar as métricas e ter atenção para monitorar, não basta simplesmente deixar o material rodar.

Onde o Teste A/B pode ser feito

Não dá para sair testando tudo, testar determinadas variáveis são mais relevantes do que outras, por isso, você precisa ser muito criterioso, concentre-se no que vai lhe trazer maiores resultados. Abaixo, listamos diversos canais de comunicação e o que você pode testar:

E-mails: você pode testar diferentes formatos de e-mail, com pouco texto ou bastante texto, com pouca informação e mais informação, com imagens e sem, com botões de diferentes cores e sem, com ofertas e sem, tipos de assunto do e-mail, horário do envio, veja com o que seus contatos engajam mais.

Landing pages: comece pelo tipo de oferta, varie os formatos e assuntos para ver quais convertem mais visitantes em leads. Depois, teste a personalização da página, como itens a colocar no formulário, imagens, botões e textos.

Páginas na web: nas páginas do seu site e nas redes sociais você pode testar variações de layout, diferentes imagens e tamanhos, botões de chamada, conteúdo em texto, entre outros.

Páginas de vendas: teste imagens dos produtos, informações do produto (nome, preço, prazo, frete, etc), descrição do produto (conteúdo do texto, imagens, avaliações de quem já comprou, detalhes do produto, etc), formato e cor do botão de compra, selo de segurança, entre outros.

Anúncios do Google: você pode testar a chamada do anúncio, tipo de oferta, título em destaque da oferta, texto utilizado, chamada para a ação, entre outros.

Social ADS: uma pequena mudança em um anúncio nas redes sociais pode ter resultados bem distintos, por isso, os Testes A/B são mais fáceis de serem realizados no ambiente digital. Faça testes antes de veicular uma campanha com grande investimento de mídia, você pode testar primeiro a imagem, depois passar para o título, texto, cores, design da peça, segmentação de público, entre outros.

P.S.: Não é recomendado testar mais de um elemento por vez, fazendo isso é muito difícil saber o que influenciou na conversão. E também, os testes não se limitam aos citados acima, é possível fazer outras alterações, como em posições, tamanhos dos elementos, e outros aspectos.

Como fazer um Teste A/B?

Comece definindo um objetivo para o teste, é claro que você quer construir sites ou anúncios relevantes e úteis para o seu público-alvo, mas você precisa fazer um planejamento para te ajudar a criar o material e experimentar de maneira eficiente. Então, planeje o material com todos os elementos a serem testados, como a posição do texto, título, imagens, ícones, entre outros. Crie uma estrutura que possa ser replicada e depois busque melhorar o processo para fazer ajustes sempre que necessário, assim terá melhores resultados.

E o que medir? Você pode mensurar visualizações da página, visitantes, número de cliques e vendas. Não se deixe levar pelas métricas da vaidade, observe o resultado final, conversão de leads e vendas por exemplo, porém sempre leve em consideração o objetivo inicial da campanha.

Também existem algumas ferramentas especializadas para Teste A/B que automatizam o processo, como VWO, Optimizely, Google Optimize e outras. Mas, se você tem pouca verba siga os passos acima e busque saber mais, com um pouco mais de trabalho você também consegue.

Qual a duração de um Teste A/B?

Os testes não são eternos, eles precisam ter um prazo estipulado. Mas quando parar? O verdadeiro resultado pode demorar de horas a dias, dependendo do material a ser testado. Por exemplo, um e-mail demora menos tempo e uma landing page demora mais. O ideal é esperar até que um número considerável de pessoas tenham aberto ou clicado para alcançar uma estatística relevante.

Em Testes A/B a atenção deve ser alta para fazer ajustes o mais rápido possível, por exemplo, você está testando três imagens e percebe que uma delas não está convertendo, logo ela pode ser substituída por outra ou eliminada dos testes, restando apenas as duas que estão tendo conversões.

E depois dos resultados?

Depois de fazer todo Teste A/B e implementar aquele que deu mais resultado, revise tudo o que foi feito e pense no que você aprendeu. Tudo o que fazemos gera aprendizado e pode ser melhorado. Se precisar repita o mesmo teste para obter mais informações, aprimore o que deu certo e descarte o que deu errado.

Sempre procure documentar e registrar todos os seus testes adicionando todas as informações obtidas, assim fica mais fácil analisar e ver o que já foi feito.

Conclusão

Apenas com o teste de duas ou mais variações de um material é possível fazer as decisões certas e saber qual melhora a sua conversão. E mesmo sendo uma medida prática, o Teste A/B ainda é pouco utilizado. Se você ainda não fez o seu primeiro teste, siga nossas dicas e se esforce, você pode alcançar resultados significativos, temos a certeza de que fazendo isso você vai ter resultados melhores em suas campanhas, mesmo que seja apenas um anúncio em uma rede social.

 

P.S.: Aqui na agência Job Content, sem exceção, todas as campanhas, e-mails, landing pages, enfim, todas as nossas ações feitas para os clientes são testadas, e com isso é possível ter grandes melhorias nos resultados, por esse motivo, afirmamos que se você ainda não faz, deve começar o quanto antes.

Quer saber mais sobre como fazer anúncios no Facebook? Confira este conteúdo e trabalhe de forma mais assertiva: Como fazer anúncios no Facebook: usar o gerenciador ou o botão impulsionar?

Diante de diversas mudanças, o que a sua empresa tem feito para vender mais?

Confira um passo a passo de como aumentar as vendas!

Qual a área de atuação do seu negócio?

Qual o seu cargo?

Funcionários: