Por Job Content
Em 27/11/2018

Conteúdo de qualidade precisa fugir do normal e ser personalizado para a audiência de cada cliente. Descubra nossos segredos!

Já parou para pensar o que significa qualidade para você? Esse conceito é tão particular de cada um, mas para nós aqui da Job qualidade significa sempre fazer o melhor. E isso também se aplica ao conteúdo que criamos tanto para nossos clientes quanto para nós mesmos. Isso porque acreditamos que o melhor sempre se destaca e sai na frente.

Aí, a combinação “do nosso melhor” com + algumas técnicas e conhecimentos resulta em qualidade. É dessa forma que trabalhamos em todos os setores. Mas hoje, vamos falar especialmente de conteúdo, o carro chefe de qualquer estratégia de marketing atualmente.

Logo, como somos uma agência de Marketing Digital não poderíamos deixar de produzi-lo, não é mesmo? Mas, o segredo de um conteúdo de alta qualidade e que traz resultados está nos detalhes que são pensados e criados minuciosamente. Você já deve ter percebido que o conteúdo que se destaca, faz você pensar: “era essa a informação que eu precisava”, “parece que foi escrito para mim” ou “eu também tenho esse problema”, não é mesmo?

É esse tipo de conteúdo que trabalhamos para produzir tanto para nós, como para nossos clientes. Sempre seguindo uma receita consistente que é aprimorada a cada material. Se você clicou neste post é porque quer saber como fazemos para nos destacarmos da multidão e o que gera resultados para nossos clientes, não é mesmo? Vamos descobrir, fique aí até o final!

Mas o que é conteúdo?

Começamos falando tanto de conteúdo que não dá para deixar de explicar. O conteúdo é uma “informação que está disponível para você eletronicamente”, segundo Neil Patel (é muito importante sempre citar as fontes ao reproduzir uma informação) e que pode ser apresentado a você em forma de artigo, matéria, infográfico, vídeo, memes, imagem, eBooks, posts, e muitos outros.

E qual é o objetivo do marketing de conteúdo? Oferecer ao leitor informação de qualidade (olha ela aqui de novo) e que resolva algum problema real dele. Com uma quantidade de conteúdo absurda sendo gerada todos os dias, o desafio está em realmente produzir o tipo de conteúdo que se destaca e engaja os potenciais clientes.

Só para conceituar: o que é qualidade?

Segundo o dicionário, qualidade é: 1. propriedade que determina a essência ou a natureza de um ser ou coisa. 2. grau negativo ou positivo de excelência.

Já segundo a ISO, qualidade é uma série de princípios que devem atender às necessidades dos clientes de forma agradável. Em outras palavras, a qualidade é o grau de perfeição de um processo, serviço ou produto entregue pela sua empresa, de maneira que atenda às exigências definidas pela ISO e a satisfação de seus clientes.

P.S.: É importante sempre pesquisar informações e dados adicionais como complemento ao texto e citar as fontes. E sempre que for fazer isso, é importante buscar em mais de um site ou direto na fonte dos dados. Não é porque está na internet que é verdade. Pesquisar e atestar os resultados em mais sites é primordial para não utilizar informações falsas.

Como produzimos conteúdos de alta qualidade

Agora que você já entendeu mais sobre conteúdo e qualidade podemos falar como fazemos aqui na Job. Criar conteúdo significa pesquisar, planejar e produzir diferentes estilos de materiais para atrair o público desejado. E independente do formato, precisa oferecer muito valor.

Mas, a produção de conteúdo não acaba após a postagem, também é preciso usar as melhores ferramentas para promover e divulgar um material, é por isso que a forma como você chegou até esse blog post importa muito, seja ela feita por anúncio, e-mail ou redes sociais, tudo é pensado para que o conteúdo encontre você no momento certo.

E para gerar conteúdo de qualidade seguimos alguns passos. Conheça agora!

Planejamento

Os conteúdos começam a ser definidos após a criação de uma estratégia maior, na qual eles fazem parte. E nessa estratégia, é preciso definir, antes de começar a escrever:

E assim produzir materiais para as etapas de aprendizado e descoberta, reconhecimento do problema, consideração da solução e decisão de compra. Lembrando que isso é feito e definido para cada cliente.

Briefing

Possuindo as informações descritas acima é preciso partir para as produções dos conteúdos. Aqui trabalhamos da seguinte forma: elaboramos um briefing que será direcionado ao redator do conteúdo. Neste material é planejado um bom título, um “esqueleto” do que precisa conter no texto, a definição da palavra-chave, o estágio de compra que o conteúdo pertence e demais informações que podem variar conforme a necessidade do cliente. Além disso, é muito importante lembrar nesse momento de elaboração do briefing ter um foco bem definido: “o que eu preciso que aconteça” ou “o que este texto precisa repassar para o leitor”, para que tudo seja pensado de forma estratégica.

P.S.: Vale lembrar neste ponto que um fator fundamental é elaborar um conteúdo que seja seu, repassar uma informação que você domina, que seja única e que resolva um problema da sua audiência, isso vai tornar você uma referência e autoridade no seu ramo.

Brainstorming

Ao receber a demanda do conteúdo, o redator deve entender o que precisa ser feito, e nada melhor do que uma boa conversa com o cliente, com quem produziu o briefing ou com os times internos da empresa para alinhar a produção do texto com a necessidade do público para expandir as ideias e entender a real da informação que precisa ser transmitida.

Em todos os conteúdos produzidos, procuramos entender melhor do assunto com quem é autoridade no ramo e que possui mais conhecimento na área do que a internet e agrega mais valor, seja o cliente ou alguém da empresa que pode ajudar a obter insights e repassar a essência do assunto.

Objetivo

Todo conteúdo produzido tem um objetivo, nada é escrito simplesmente “porque o blog não pode ficar sem postagem”. Seja gerar leads, fazer parte de uma trilha de e-mails de automação, gerar tráfego etc, todo conteúdo tem um propósito para que fique claro o que se espera alcançar com ele.

Antes de começar a escrever, entendemos o objetivo de cada texto e depois concordarmos com ele para direcionar a escrita ao leitor, fazendo com que o que foi estabelecido aconteça.

Pesquisa

A pesquisa é fundamental para fazer a diferença no conteúdo e complementar o texto. Pesquisamos sobre o tema em vários sites na internet de empresas e profissionais referência no assunto. Além disso, informações adicionais e dados seguros são capazes de gerar mais valor para o leitor.

Conteúdo

É muito importante planejar um “esboço” do conteúdo antes de começar a escrever. Montar uma estrutura ajuda a escrever com precisão e a planejar os tópicos a serem abordados. Assim, vão surgindo novas ideias para serem agregadas ao texto e fica mais fácil criar uma sequência lógica.

Ao escrever, temos o cuidado de focar na experiência que o leitor vai ter ao ler o conteúdo, sem deixar as técnicas de SEO de lado. Escrevemos em parágrafos e frases curtas, pensando na escaneabilidade de cada texto.

Alguns artifícios particulares e estratégicos também são usados nos materiais, como:

  • Ajudar o leitor a aprender algo após a leitura do texto e resolver alguma dor que ele tem, se isso não acontecer reescrevemos;
  • Incluímos CTAs ao final dos conteúdos pedindo para o leitor deixar um comentário, compartilhar a postagem, curtir ou acompanhar outro conteúdo, que funcionam como um empurrão para que ele execute alguma ação;
  • As imagens usadas também são escolhidas com capricho, afinal não adianta se empenhar em todos os itens e deixar a desejar nesse detalhe que ajuda a “vender” o conteúdo;
  • O redator que escreve o texto procura sempre revisá-lo, como complemento ainda revisamos pelos menos mais duas vezes antes de postar ou aprovar com o cliente;
  • Procuramos sempre ouvir feedbacks sobre o conteúdo criado com o cliente ou com quem produziu o briefing, isso ajuda a ter um material o mais alinhado possível;
  • Usamos ferramentas para planejar palavras-chave, produzir o conteúdo e postá-lo, o que ajuda a ter um material feito especialmente para o leitor e otimizado com ajuda da tecnologia.

Bônus: a divulgação

Falando um pouco sobre a promoção do conteúdo, aqui é importante trabalhar com os canais que o público mais utiliza para procurar conteúdos, seja por redes sociais, anúncio, e-mail ou buscadores. De acordo com cada estratégia e cliente, fazemos a distribuição do material.

Por que produzir conteúdos de alta qualidade?

Quando você se determina e trabalha para escrever um material que ainda não existe na internet, que é genuíno, útil para alguém e que segue boas práticas de conteúdo e SEO, com certeza você e a sua empresa se tornam autoridade no assunto e entregam valor para o seu público. Além de ter insistência e periodicidade na produção de conteúdo, você precisa ter paciência porque os resultados demoram para chegar. Mas quando chegam, realmente fazem a diferença e duram por muito tempo.

Um grande exemplo disso, é nosso cliente Pitibebê, após a criação de uma estratégia de Marketing de Conteúdo de alta qualidade, os resultados esperados aconteceram. Depois que acontece o “boom”, que é o pico maior, a procura pela empresa diminui, mas continua maior do que antes. Você só precisa ter em mente que os resultados surgem a longo prazo.

Como produzimos conteúdos de alta qualidade e que aumentam os acessos do seu site

Resumindo: como produzir bons conteúdos

Para produzir conteúdos de alta qualidade é preciso cumprir com as exigências que um bom material exige e satisfazer o seu público, resolvendo uma dor e superando suas expectativas e claro, seguir uma receita consistente:

  1. Planejamento – defina sua persona, palavras-chave, objetivo de cada conteúdo, tom de voz da marca e jornada de compra;
  2. Briefing – elabore um briefing com tudo o que o conteúdo precisa conter;
  3. Brainstorming – entenda a fundo o assunto, converse com especialistas e tire a essência da informação;
  4. Objetivo – entenda o objetivo do texto e concorde com ele para direcionar sua escrita;
  5. Conteúdo – escreva com foco na experiência do leitor, sem deixar de usar algumas técnicas.

Conclusão

Você percebeu que nem sempre um conteúdo de qualidade é aquele que contém todas as técnicas de SEO do universo? O SEO não deve ser colocado acima de tudo, é importante estar preparado para os buscadores, mas o foco deve ser a sua audiência ou a audiência que você busca. E mesmo que você nem tenha visto, em cada linha e PS deste post mostramos para você como produzimos conteúdos de alta qualidade e algumas estratégias que adotamos.

E aí, como está a sua metodologia de conteúdo? Sem resultados? O problema pode estar na própria criação de conteúdo, siga nossas boas práticas e crie conteúdos de forma estratégica.

Se você quer entender como começar a fazer Marketing de Conteúdo confira este material complementar. Nele você se aprofunda no assunto e descobre como dar os primeiros passos.

Por que minha receita de Inbound Marketing não está funcionando?

Confira aqui os principais erros que influenciam a sua receita de Inbound Marketing e o que fazer para torná-la efetiva.

Qual a área de atuação do seu negócio?

Qual o seu cargo?

Funcionários: