Por Job Content
Em 19/04/2018

Confira 5 etapas essenciais para que o treinamento e desenvolvimento possibilite que seus colaboradores alcancem a alta performance.

É muito comum empresas investirem em novas metodologias, processos e equipamentos para aumentar a sua produtividade sem apostar também em treinamento e desenvolvimento de pessoas.

Você sabia que isso é um erro grave? Investir em treinamento e desenvolvimento é tão importante quanto adquirir em novas tecnologias: qualificar pessoas é fundamental para que exerçam sua função plenamente e alcancem a alta performance.

E foi pensando nisso que preparamos este post! Continue lendo para conferir 5 dicas para treinar e desenvolver pessoas na sua empresa.

1. Faça um diagnóstico das necessidades

O primeiro passo é fazer um diagnóstico das competências técnicas e comportamentais necessárias para que seus funcionários aumentem sua produtividade e gerem os resultados desejados.

Você pode usar diferentes meios e técnicas para fazer o levantamento dessas necessidades: entrevistas, questionário de pesquisas, avaliação de desempenho, observação, reunião entre departamentos, relatórios e solicitação de supervisores e gerentes, por exemplo.

2. Desenvolva a estratégia do treinamento

Neste segundo passo, planeje o que a empresa vai fazer para suprir as necessidades identificadas. Coloque no papel as seguintes informações:

  • o que será treinado;
  • quais profissionais ministrarão o treino;
  • quais profissionais deverão participar do treinamento;
  • onde a capacitação será realizada;
  • como será o treino;
  • quando o treinamento acontecerá;
  • qual a duração e intensidade do treinamento;
  • qual a finalidade da capacitação.

Com esses dados, você vai ter uma visão melhor do evento e poderá escolher as técnicas e recursos mais adequados ao treinamento e desenvolvimento.

3. Escolha as técnicas e recursos adequados

Nesta fase, entre em detalhes sobre os métodos, meios e recursos que serão usados para executar e potencializar o treinamento e desenvolvimento. Confira alguns desses elementos que podem ajudar nessa missão:

  • Técnicas de treinamento: leitura, dramatização, desenvolvimento de grupos, estudos de caso, jogos e simulações, conferências, rodízio de cargos, debate, filmes, aulas expositivas, coaching, mentoring, palestras, painéis, oficinas, etc.
  • Tecnologia de treinamento: ensino a distância, projeção de slides, videoconferência, teleconferência, projeção de vídeo, e-mail, etc.

Esses são apenas alguns exemplos! Busque aprender mais sobre essas e outras opções, descobrindo as suas vantagens, desvantagens e indicações. Por exemplo, a dramatização é uma técnica orientada para o processo. Esse tipo de técnica visa modificar atitudes e comportamentos, melhorando o relacionamento interpessoal. Já os estudos de caso e os jogos misturam a transmissão de conteúdo com a possibilidade de alterar comportamentos e atitudes.

4. Execute o treinamento na sua empresa

Chegou a hora de colocar todo esse planejamento em prática e realizar as atividades de  treinamento e desenvolvimento na sua empresa. Para que tudo ocorra bem, certifique-se de que:

  • o treinamento realmente atende às necessidades do negócio e dos colaboradores;
  • o material didático seja bem produzido e de qualidade;
  • os diretores e gerentes participem da execução do treinamento;
  • os instrutores sejam qualificados e estejam preparados;
  • que os participantes sejam adequados ao treinamento.

Em outras palavras, evite o “treinar por treinar”. Essa prática não gera nenhum resultado positivo, apenas colabora com o desperdício de tempo e dinheiro.

5.  Avalie os resultados do treinamento e desenvolvimento

Por fim, verifique se as ações de treinamento e desenvolvimento estão gerando os resultados desejados. Para realizar essa avaliação, é possível fazer pesquisas com participantes e gerentes.

O objetivo da pesquisa com os participantes é verificar o nível de satisfação e eficácia da atividade logo após o evento e no retorno ao ambiente de trabalho. Já a pesquisa para gerentes visa avaliar os impactos da capacitação na performance dos funcionários.

Segundo Chiavenato, essa verificação deve passar por três níveis da empresa (organizacional, dos recursos humanos e das tarefas e operações) e indicar resultados como:

  • melhoria da imagem da empresa;
  • melhoria do clima organizacional;
  • aumento da eficiência e da eficácia;
  • redução do turnover e do absenteísmo;
  • mudança de atitudes e de comportamento;
  • aumento da produtividade;
  • melhoria da qualidade dos produtos de serviços da empresa;
  • aumento da eficiência individual dos funcionários;
  • redução do índice de acidentes e de manutenção de equipamentos;
  • facilidade na realização de mudanças e de inovação;
  • diminuição do tempo de treinamento.

Com um time bem treinado e desenvolvido é muito mais fácil conseguir alcançar as metas e objetivos desejados. Portanto, invista em treinamento e desenvolvimento de pessoas, siga essas dicas e prepare-se para colher bons resultados em sua empresa.

Pronto! Agora você já sabe como o treinamento e desenvolvimento são fundamentais para o crescimento do seu negócio e o que fazer para capacitar seus colaboradores. Que tal continuar a leitura no blog e conferir como evitar a instabilidade nas vendas da sua empresa?

Diante de diversas mudanças, o que a sua empresa tem feito para vender mais?

Confira um passo a passo de como aumentar as vendas!

Qual a área de atuação do seu negócio?

Qual o seu cargo?

Funcionários: