Por Job Content
Em 12/12/2017
Tudo o que você precisa saber para usar o poder do Marketing Digital a favor da sua empresa e alavancar o crescimento do seu negócio.

Você já percebeu como a internet pode ajudar no crescimento da empresa, mas não tem tido sucesso com os investimentos realizados? As novidades sobre Marketing Digital não param de surgir e não sabe como você e sua equipe devem lidar com tudo isso?

Se você respondeu sim a qualquer uma dessas perguntas, fique tranquilo! São situações muito comuns que empresas de diferentes portes vivenciam. O importante agora é: você está determinado para aprender mais sobre o tema e usar todo o poder do Marketing Digital para alavancar seu negócio.

E foi por isso que preparamos este post! Continue lendo para fazer um mergulho no Marketing Digital, conhecer os principais conceitos, estratégias e ferramentas que vão ajudá-lo a aumentar o faturamento da sua empresa. Confira

O que é Marketing Digital?

Em um breve resumo, Marketing Digital é uma série de ações de Marketing que uma empresa realiza online para promover produtos, serviços ou marcas com o objetivo de gerar mais vendas e alavancar o crescimento do negócio.

Apesar de existirem argumentos sobre o Marketing Digital realizado em aparelhos eletrônicos (TV, rádio, telefone e outdoors, por exemplo) vamos apresentar, neste post, informações focadas no mundo online.

Por que o Marketing Digital é importante para a sua empresa?

Se engana quem acha que o Marketing Digital é importante só porque “está na moda”. Sua relevância vai muito além disso! São muitas as razões que justificam como o Marketing Digital é importante para as empresas. Conheça os principais motivos e dados que evidenciam essa importância:

O comportamento do consumidor mudou

Este é o principal motivo! O comportamento de compra do consumidor mudou com a evolução da internet. Atualmente, o comprador não depende somente do vendedor, da loja física e da empresa para saber mais sobre produtos e serviços.

Com uma pesquisa online feita em poucos cliques, ele consegue acessar inúmeros conteúdos gerados por outros compradores: vídeos de unboxing, resenhas, demonstrações de uso, avaliações, recomendações, entre outros conteúdos em que pessoas expressam livremente sua opinião. O Google classificou esse momento como ZMOT – Momento Zero da Verdade. Confira:

Marketing Digital: ZMOT - Job Content

(Fonte: Think With Google, 2011)

Em outras palavras, as primeiras impressões em relação à marca acontecem bem antes da visita à loja física e da compra: as pesquisas se tornaram uma etapa essencial da jornada do cliente. Como resultado, o consumidor detém o poder de compra na era da informação.

Com o Marketing Digital, a empresa acompanha essa mudança e fica mais perto do seu público. Como consequência, aumenta as chances de gerar mais vendas ao fornecer as informações desejadas na hora certa e manter um relacionamento próximo e vantajoso com o consumidor.

O número de pessoas conectadas continua aumentando

A quantidade de pessoas conectadas à internet aumenta a cada ano. Atualmente, 102 milhões de brasileiros acessam a internet. Já em relação aos dispositivos, existem 198 milhões de smartphones e 162,8 milhões de computadores (notebooks, desktops e tablets) em uso no país.

E a previsão é de crescimento. Segundo uma pesquisa da Fundação Getúlio Vargas de São Paulo, o Brasil terá um smartphone por habitante até o fim de 2017. Até 2022, estima-se que o número de computadores subirá até 210 milhões, atingindo a marca de um dispositivo por habitante.

Diante de tantos dados, o Marketing Digital se torna ainda mais importante para as empresas. Afinal, a tendência é que mais pessoas tenham acesso à internet e o número e consumidores online aumente.

Novos hábitos e tendências online estão surgindo

É comum que novos costumes e tendências surjam com o crescente número de internautas e com o avanço da tecnologia. Uma dessas tendências se faz presente no modo como os usuários realizam pesquisas nos buscadores: os micro-momentos.

Você deve estar se perguntando: mas como esses micro-momentos funcionam exatamente? Sabe quando você está na loja física e faz uma pesquisa online para comparar o preço do produto? Ou quando está na rua de um bairro que não conhece muito bem e busca um local perto para almoçar, fazer um lanche ou jantar?

Esses são micro-momentos! São instantes que você usou o celular com o plano de tomar uma decisão em relação a algo que desejava saber, fazer, comprar ou local que queria visitar.

Marketing Digital: micro-momentos - Job Content

(Fonte: Think With Google, 2015)

A tendência foi apresentada pelo Google e segue forte. Os usuários estão aprimorando esse tipo de busca, incluindo termos como “hoje”  e “aberto agora” para conseguir resolver necessidades imediatas.

Seus consumidores certamente têm esse mesmo hábito. É por isso que o Marketing Digital é importante para sua empresa. Com as ações de Marketing Online, você faz com que o público encontre seu negócio no momento em que mais precisa.

Depois de todos esses dados e exemplos, a importância do Marketing Digital fica ainda mais evidente, não é mesmo? Continue lendo para conferir os benefícios gerados pelas ações de Marketing Online.

Quais são as vantagens do Marketing Digital?

Com tanta gente conectada à internet, o Marketing Digital conquista cada vez mais destaque. E isso também acontece graças às diversas vantagens que as ações de marketing online apresentam. Confira quais são elas:

Desenvolvimento de uma forte presença online

Lembra que a etapa de pesquisa é uma fase essencial da jornada de compra do consumidor? É nesse estágio que a presença digital fica ainda mais em evidência. Uma presença digital fortalecida é um resultado natural quando o Marketing Digital é executado corretamente.

Isso acontece porque a empresa utiliza diversos canais online (site, blog, redes sociais, etc) e estratégias digitais (Inbound Marketing, SEO, Marketing de Conteúdo, etc) para fazer com que o consumidor encontre o negócio no momento certo.

Quando a presença digital é desenvolvida adequadamente por meio do Marketing Digital, a empresa gera mais oportunidades de negócio e as vendas aumentam. Afinal, você vai aumentar a visibilidade da marca, ficar a um passo à frente da concorrência, aumentar a credibilidade do negócio e estreitar o relacionamento com o público.

Alcance mundial

O alcance da sua empresa deixa de ser local: é possível atingir pessoas do mundo inteiro com o Marketing Digital.

O que isso significa para empresas que podem vender produtos e/ou prestar serviços a distância? Que os espaços físicos não limitam a sua atuação: é possível captar clientes de outros bairros, cidades, estados e países com facilidade. Ou seja, mais oportunidades de fechar negócios e crescimento à vista!

Até mesmo empresas que somente prestam serviços locais se beneficiam do Marketing Digital. Por exemplo, um salão de beleza que está em uma área menos movimentada do bairro pode usar o Marketing Digital para alcançar o público que vive nas proximidades e bairros vizinhos.

Construção de audiência qualificada

Quando um comercial é veiculado na TV, não é possível saber com precisão o público que está assistindo, não é mesmo? O máximo que conseguimos é prever o perfil das pessoas que costumam assistir a TV naquele horário. Por exemplo, no horário do programa de esportes no final de semana, o público masculino costuma ser maior. Logo, faz sentido que empresas que comercializam produtos ou serviços para homens veiculem comerciais no intervalo desse programa.

Com o Marketing Digital, o cenário é completamente diferente: é possível conhecer profundamente o público e construir uma audiência qualificada. O que isso significa? Que você vai poder se relacionar com pessoas realmente interessadas nas soluções que sua empresa oferece e concentrar seus esforços nesses consumidores.

Pessoas que não se encaixam no perfil de cliente ideal são filtradas e a empresa aumenta sua produtividade ao não perder tempo nem dinheiro com consumidores que não podem se tornar clientes.

Segmentação precisa

A segmentação permite que a empresa alcance pessoas com características específicas. É possível segmentar consumidores usando diferentes critérios: cidade em que vivem, idade, grau de escolaridade, hábitos de consumo, interesses, entre outras características.

Vamos ver alguns exemplos? Uma loja de roupas para gestantes pode alcançar mulheres grávidas que moram em até 5 km de distância da loja física. Escolas de idiomas podem atingir pessoas que trabalham em empresas multinacionais. Lojas online podem alcançar consumidores que visitaram as páginas de produtos específicos e/ou abandonaram o carrinho de compras.

Esses são só alguns exemplos! A segmentação precisa fica ainda mais clara quando veiculamos anúncios online em mecanismos de busca e redes sociais. Muitos desses canais permitem a realização de ultrasegmentação: você pode definir diversos critérios de uma única vez.

Por exemplo, um curso de idiomas pode alcançar mulheres de 25 a 40 anos que trabalham em empresa multinacional, viajam para o exterior, frequentaram uma determinada faculdade e têm interesse em inglês e/ou francês.

Interação com o público

Quando vemos um anúncio impresso no jornal não temos como interagir com o conteúdo, concorda? Falar com a empresa por meio desse canal na hora que vemos o anúncio não é possível.

Com o Marketing Digital a interação com o público-alvo acontece com facilidade. Tanto o consumidor como a empresa podem interagir com os conteúdos disponibilizados no site, blog, e-mail, redes sociais e nos anúncios veiculados online.

Essa interatividade permite que a empresa conheça ainda seus consumidores, descobrindo seus hábitos, preferências e opiniões. O consumidor pode deixar suas impressões, elogios, reclamações, feedbacks, recomendações e diversos outros tipos de dados que são valiosos para o negócio. Afinal, eles podem ser usados para melhorar as soluções oferecidas, criar novos produtos, produzir conteúdos para atender as necessidades do público e fortalecer seu relacionamento com a empresa.

Custo reduzido

É possível dar o pontapé inicial nas ações online fazendo um investimento muito menor do que os recursos necessários para realizar ações de marketing tradicional.  Isso acontece graças à segmentação e a facilidade de acessar os canais online.

Com a segmentação, a empresa não desperdiça recursos financeiros para veicular anúncios e produzir conteúdos para consumidores que não atendem o seu perfil de cliente ideal.

Já em relação aos canais online, as atividades de Marketing Digital fazem uso de ferramentas online e de programas para computadores.  E é isso que torna o Marketing Digital acessível para empreendimentos de todos os portes: praticamente toda empresa tem computador e internet à sua disposição.

Mensuração precisa das ações realizadas

Outra vantagem que conquista as empresas é a possibilidade de mensurar com precisão as ações realizadas online.

Com as ferramentas de Web Analytics e as métricas de Marketing Digital, é possível saber quais ações geram resultados positivos e quais necessitam de ajustes para melhorar o desempenho. A empresa consegue descobrir quais são as etapas que prejudicam a concretização da venda, quais canais geram mais leads, quantas páginas o usuário visita antes de se tornar lead, quantas páginas o lead visita antes de se tornar cliente, entre outras informações.

São muitos os dados que podem ser coletados e as ações que podem ser mensuradas com o Marketing Digital. E o melhor: ao notar um problema, é possível corrigi-lo imediatamente.

Mas, afinal, como é o processo de Marketing Digital?

Você pode não saber quais são as ações e etapas específicas, mas certamente já conhece o processo de Marketing Digital como consumidor. Vamos ver um exemplo para ficar bem claro?

Imagine que você precisa otimizar os processos internos da sua empresa. Ao notar essa necessidade, você certamente acessa a internet, abre um site de buscas (como o Google) e faz uma pesquisa por “como otimizar processos internos”, não é mesmo?

O Google apresenta uma infinidade de artigos de blogs corporativos sobre o tema e você clica no resultado que mais chamou sua atenção. No blog da empresa, você lê o artigo e fica curioso sobre o software de gestão, uma das soluções apresentadas no post.

Ao final do texto, você vê um banner com um convite para baixar um eBook mais aprofundado sobre o uso do software de gestão. O material apresenta as vantagens dessa ferramenta, dicas de como escolher o melhor software para sua empresa, de como implementá-lo e usá-lo em empresas de diferentes portes.

Como você quer saber mais sobre o assunto, clica no banner e é levado para uma página onde preenche um formulário com seu nome, e-mail, telefone e algumas informações sobre a sua empresa. Ao enviar o formulário preenchido, você recebe o eBook e lê o material com calma ao longo da semana.

Nesse meio tempo, você recebe uma série de e-mails da empresa que disponibilizou o eBook. Nessas mensagens, um consultor envia mais dicas e conteúdos do blog para você ler e saber ainda mais sobre softwares de gestão. Você acessa todos os artigos, vídeos e eBooks enviados.

Após a leitura desses materiais, você está decidido que realmente precisa de um software de gestão. Afinal, já consegue visualizar os benefícios e melhorias na produtividade que a ferramenta vai gerar na sua empresa.

A partir desse momento, começa a pesquisar especificamente por softwares de gestão. Você volta ao Google e busca por “software de gestão para empresa de médio porte” e encontra uma variedade de opções. Visita os sites e começa a comparar os softwares mais adequados para o seu negócio.

Na sua comparação, notou que o software oferecido pela empresa que você baixou o primeiro eBook e recebeu conteúdos direto no seu e-mail também é uma ótima opção para o que você precisa.

Como essa empresa o ajudou em todo o processo, você entra em contato com um consultor para saber mais sobre o software. É bem atendido e o vendedor não empurra a venda. Ele faz uma abordagem consultiva para ajudar você a ter certeza de que o software oferecido realmente vai atender sua necessidade.

Depois desse atendimento completo e esclarecedor, decide fechar negócio com essa empresa que o ajudou. Afinal, se sente mais confiante após verificar que a empresa demonstra ter pleno conhecimento e que realmente pensa no bem-estar do consumidor, indicando o plano mais adequado para a realidade da sua empresa em vez de empurrar vendas e planos caros.

E então, reconheceu o processo? Você certamente já passou por ele várias vezes sem notar essas etapas. É por esse processo que seus consumidores passam quando necessitam de algum produto ou serviço.

No Marketing Digital, esse processo é dividido da seguinte forma:

Marketing Digital: o processo de compras - Job Content

Na etapa de Aprendizado e Descoberta, o consumidor pode ter pouco ou nenhum conhecimento de que tem um problema, necessidade ou desejo a ser resolvido. No exemplo que vimos, você queria otimizar processos internos da sua empresa e fez uma busca sobre isso.

Na fase de Reconhecimento do Problema, o consumidor reconhece que tem uma necessidade, desejo ou problema a ser solucionado. No exemplo que acabamos de ver, isso acontece após a leitura dos materiais sobre software de gestão.

No estágio de Consideração da Solução, o consumidor busca por produtos e/ou serviços que resolvam o seu problema. No exemplo de software de gestão isso acontece quando você inicia a busca por software de gestão para empresa de médio porte.

Na etapa de Decisão, o consumidor define qual solução será adquirida para resolver a sua necessidade, após realizar pesquisas, fazer comparações e entrar em contato com a equipe de vendas. No exemplo, esse estágio aconteceu quando você entrou em contato com o consultor e decidiu fechar negócio com ele.

Continue lendo para conhecer os principais canais usados para realizar o processo de Marketing Digital e alcançar o público-alvo online.

Quais são os canais de Marketing Digital?

Chegou a hora de conhecer os canais que permitem usar todo o poder do Marketing Digital a favor da sua empresa. Confira:

Site

A empresa que não dá a devida atenção ao seu site comete um erro gravíssimo! Por mais que as redes sociais aparentemente dominem a troca de informações entre empresa e consumidor, o site tem um papel fundamental no Marketing Digital.

O site corporativo é o seu terreno comprado, quitado e legalizado no mundo online. Ele é da sua empresa e você tem total liberdade para planejá-lo, construí-lo e ajustá-lo do jeito que precisar. Ele é o cartão de visitas da empresa e, sim, é muito acessado.

Por meio do site é possível desenvolver a presença digital do seu negócio, apresentar seus produtos e/ou serviços, gerar leads, manter um relacionamento próximo com os consumidores e realizar vendas online.

Blog

O blog é outro canal importantíssimo. É por meio do blog corporativo que você vai poder usar estratégias como Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo para atingir diversos objetivos.

Com a publicação constante de conteúdos úteis e relevantes no blog, é possível construir sua autoridade no mercado, atrair mais consumidores, manter um relacionamento próximo com o público, gerar leads e fazer com que eles avancem na jornada de compra.

Assim como o site, você tem total controle do blog e pode configurá-lo e otimizá-lo sempre que desejar ou precisar. Além disso, pode definir quantos conteúdos serão publicados, com que frequência, em qual formato, entre outras configurações e ajustes possíveis.

E-mail

O e-mail não morreu! Ele continua vivo e sendo usado com frequência. No Marketing Digital, é um dos canais que produz maior ROI (Retorno sobre Investimento): para cada $ 1 dólar gasto, o e-mail marketing gera $ 38 dólares em ROI.

O e-mail é o seu canal direto com o consumidor para poder enviar conteúdos e ofertas personalizadas. Com uma estratégia de e-mail marketing bem planejada e executada, é possível transformar leads em clientes, fidelizá-los, encantá-los e torná-los defensores da sua marca.

Rede Social

O canal de Marketing Digital mais conhecido. Por meio das redes sociais, é possível interagir com facilidade com o público-alvo da empresa, assim como compartilhar os conteúdos publicados no site e no blog, os materiais ricos para geração de leads, estreitar o relacionamento com o cliente e veicular anúncios pagos.

Em comparação ao site e ao blog, as redes sociais são terrenos alugados. Você tem uma autorização para ocupar esse espaço online, mas precisa seguir todas as regras da plataforma. Ou seja, você não tem controle total desse canal, que recebe alterações frequentemente — e nem sempre são benéficas para a empresa.

Vídeo

O vídeo é um excelente canal para apresentar suas soluções e conteúdos de modo rápido e efetivo, além de melhorar o relacionamento com o consumidor. O consumo de vídeos online tem aumentado consideravelmente e investir nesse canal é uma excelente forma de gerar mais tráfego para o seu site, gerar leads, aumentar a autoridade da empresa e incrementar as vendas.

Landing Page

As Landing Pages são páginas usadas para a geração de leads ou venda de produtos e/ou serviços. Nesse tipo de página, só é possível realizar uma única ação: conversão. Ou seja, preencher um formulário para ter acesso a um material gratuito ou para realizar uma compra.

Mídia Paga

Os anúncios veiculados online em mecanismos de busca, sites de terceiros e redes sociais são canais de Marketing Digital. Por meio desses links patrocinados, é possível atrair tráfego qualificado para uma página específica do site. Ou seja, atrair pessoas realmente interessadas no que você está ofertando para aumentar as vendas a curto prazo ou gerar leads.

Conclusão

Deu para perceber como o Marketing Digital requer dedicação e engloba diversas ações, não é mesmo?  Mas não fique com medo do Marketing Online! Com as dicas e apoio certo, é possível usá-lo para evitar instabilidade nas vendas e alavancar o crescimento do seu negócio.

Agora você já sabe o que é Marketing Digital, como funciona e conhece os principais canais. Com esse conhecimento, está pronto para continuar sua jornada e fazer sua empresa crescer.  Portanto, fique de olho aqui no blog! Na próxima atualização deste post, você vai conhecer as principais estratégias, as ferramentas indicadas e aprender a elaborar um plano de Marketing Digital para a sua empresa.

Não se esqueça de se cadastrar abaixo para ser notificado em primeira mão sobre a atualização deste conteúdo!

Diante de diversas mudanças, o que a sua empresa tem feito para vender mais?

Confira um passo a passo de como aumentar as vendas!

Qual a área de atuação do seu negócio?

Qual o seu cargo?

Funcionários: